Real Móveis

Com o lema: “Agressão não é carinho e Insulto não é elogio”, Polícia Militar, Polícia Civil, Roctary Clube, Ministério Público e Poder Judiciário de Marmeleiro, iniciaram campanha de conscientização da violência doméstica e familiar contra a mulher na área de abrangência da Comarca.

A campanha vai atingir as mulheres que são vítimas de violência em qualquer das suas formas, no seio familiar, e na sociedade, levando as mulheres orientações e dicas de como se portar em situações de crimes, e esclarecendo quais os direitos que possuem perante a justiça, sociedade e polícia, fortalecendo o projeto “Patrulha Maria da Penha” já desenvolvido na comarca.

Atualmente na comarca de Marmeleiro 03 policiais femininas atuam na linha de frente no combate a violência doméstica as soldados Adila Zandona, Francieli Pandolfo e Mariluci Mensor, tendo como função principal, visitar as mulheres vítimas de violência, orientando e esclarecendo sobre seus direitos consagrados na lei Maria da Penha, realizando ainda reuniões com as mulheres nos municípios que pertencem à comarca.

A fase preventiva do projeto é feita com reuniões em bairros e comunidades do interior, onde somente mulheres participam, sendo ministrado pelas policiais femininas.

Já na fase repressiva, após o crime, as policiais visitam as residências e locais de trabalho das vítimas, sendo direcionados pelo Ministério Público e Poder Judiciário em situações específicas e mais graves, levando conhecimento e orientações as mulheres.

O embrião do projeto iniciou em março de 2017, e atualmente reúne  diversos órgãos parceiros em torno do projeto “Patrulha Maria da Penha”.

A cerimônia de lançamento da campanha ocorreu no fórum da comarca no dia 30 de novembro de 2017, com a presença de autoridades e representantes da comunidade.

 



Luiz Carlos Maciel
05/12/2017



Foto: PM - Marmeleiro